Produção de grãos do Brasil deve aumentar 27% em 10 anos, com impulso de soja
07/07/2021

A produção de grãos e oleaginosas do Brasil deve crescer para 333 milhões de toneladas até 2030/31, alta de 27% em dez anos, apontaram projeções do Ministério da Agricultura publicadas nesta quarta-feira.

A produção de carnes do país deve crescer para 34 milhões de toneladas no mesmo período, ante 27,4 milhões na temporada atual.

De maneira geral, o crescimento da produção agrícola do país deverá se dar por ganhos de área plantada e produtividade, com impulso do consumo interno e das exportações, disse o coordenador-geral de Avaliação de Políticas e Informação do ministério e um dos pesquisadores das projeções, José Garcia Gasques.

A área plantada de grãos e oleaginosas deve passar de 68,7 milhões de hectares para 80,8 milhões de hectares em 2030/31, acréscimo de 12,1 milhões de hectares ou 17,6%.

A soja, principal produto do agronegócio do Brasil, está entre as culturas que dará maior contribuição para o crescimento, juntamente com o milho e o algodão.

A expectativa é de que a área plantada com soja passe de 38,5 milhões para 48,85 milhões de hectares em dez anos.


Para a próxima temporada, o estudo apontou um novo aumento de mais de 1 milhão de hectares na soja, para 39,7 milhões de hectares.

Muitas dessas áreas com soja recebem o plantio de milho segunda safra, cuja expansão também será relevante, de cerca de 5 milhões de hectares no período do estudo.

O milho primeira safra deve expandir em cerca de 2 milhões de hectares, para cerca de 22 milhões de hectares.

O algodão também terá importante crescimento relativo, de quase 500 mil hectares, para 1,8 milhão de hectares aproximadamente.

Já a área total plantada com todas as lavouras analisadas, incluindo cana, café, cacau e frutas, deve passar de 80,8 milhões de hectares, em 2020/21, para 92,37 milhões, em 2030/31.

A cana terá aumento de cerca de 1 milhão de hectares no período, para 9,6 milhões de hectares.

Fonte: Reuters

Notícias
Algumas notícias relevantes ao setor agrícola.
© 2021 - Agro Norte Pesquisa e Sementes :
Solicite aqui seu orçamento
   Enviar